Sonhando com profissional, Eron quer título na base para fazer história no Vitória 1
O jovem Eron, de 20 anos, foi o grande destaque da goleada que o Vitória aplicou no Flamengo, na última quinta-feira, no Barradão. No primeiro jogo da semifinal do Campeonato Brasileiro Sub-20, o Rubro-Negro enfiou 6 a 1 no rival carioca e encaminhou a classificação para a final do torneio. O centroavante anotou três gols.

CLIQUE NO ANUNCIO ABAIXO PARA ASSISTIR O SEGUNDO TEMPO:

Um dia depois do triunfo, Eron falou com a reportagem do GloboEsporte.com sobre a sensação de emplacar um hat-trick em uma semifinal de Brasileiro.

– É uma sensação enorme poder fazer três gols em uma semifinal de Campeonato Brasileiro sub-20, em cima de um grande clube, podendo sair com a vitória. Agora temos outro jogo, em Volta Redonda, e vamos sair com essa classificação que é importante – afirmou.

Além do torneio sub-20, o jovem atacante também vem marcando seus gols no Campeonato Brasileiro de Aspirantes – foram quatro até aqui. O desempenho o faz sonhar com uma chance na equipe profissional, sobretudo depois da chegada de Paulo Cézar Carpegiani, que deu oportunidade a jogadores da base.

Dar espaço a jovens atletas foi, inclusive, uma promessa do treinador rubro-negro, como revela Eron.

– Com a chegada de Carpegiani, alguns atletas da base estão tendo oportunidades. Ele chegou a falar que vai ar oportunidade a base. Eu tento trabalhar, fazer meu trabalho no sub-20, sub-23, para que, se precisar no profissional, eu possa estar bem e corresponder à altura – diz o atacante.

Logo em seu segundo jogo no comando da equipe, Carpegiani promoveu as estreias do zagueiro Bruno Bispo, do volante Léo Gomes e do atacante Léo Ceará, que permanecem como titulares da equipe.

CLIQUE NO ANUNCIO ABAIXO PARA ASSISTIR O SEGUNDO TEMPO:

Eron é promessa antiga das divisões de base do Vitória. Há três anos, ele conquistou a Copa do Brasil sub-17 ao lado dos meias Geovane e Yan, hoje no São Paulo e Palmeiras, respectivamente. O GloboEsporte.com mostrou, à época, que eles eram o chamado “trio de ouro”.

A possibilidade de conquistar mais um título nacional pelo Vitória faz Eron sonhar com a possibilidade de colocar seu nome na história do clube.

– Eu já tenho um pouco de história no Vitória. Já fui campeão da Copa do Brasil sub-17. Se esse Brasileiro vier, e com fé em Deus vem, vou botar meu nome na história do clube. Vai ser uma conquista muito grande. A gente vai em busca – diz.

Vitória e Flamengo fazem o segundo jogo da semifinal na próxima quarta-feira, em Volta Redonda. Confirmando a vaga, o Leão encara o vencedor de Palmeiras e Fluminense – o Verdão venceu o jogo de ida por 2 a 0, fora de casa.

ATENÇÃO
Para assistir o SEGUNDO TEMPO, você precisa clicar em TODOS os anúncios dessa publicação. Faça a mesma coisa que você fez para assistir o primeiro tempo. A imagem só será liberada quando todos fizer isso. 

CLIQUE NO ANUNCIO ABAIXO PARA ASSISTIR O SEGUNDO TEMPO:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui