Marinho faz revelações bombásticas sobre a saída dele do Vitória, assista! 1


Após ter se transferido para a China, o atacante Marinho falou pela primeira vez depois da negociação que envolveu a tentativa de renovação de contrato com o Vitória. Em entrevista à Rede Bahia, exibida durante o programa Globo Esporte nesta segunda-feira (18), o ex-atleta rubro-negro disse ter sido vítima de uma armação.

“Todo mundo perguntou depois. Me mantive calado para não ter problema. Mas sempre falei que a verdade aparece. Foi um cara que armou para mim, fez toda a torcida do Vitória me chamar de mercenário. Foi uma minoria, porque a maioria sabe o que eu fiz com o clube”, disse o atleta.

Em citação direta ao ex-presidente do Vitória, Ivã de Almeida, e o então diretor de futebol na época, Sinval Vieira, Marinho detalhou a situação quando recebeu a proposta para atuar na Ásia. Segundo o jogador, o clube não se esforçou para que ele continuasse no time durante o ano de 2017. “Eles que ligaram, Sinval e Ivã, ligaram para a imprensa e mandaram eu ir lá, que teria uma entrevista minha. Falaram assim: ʹMarinho, dá uma entrevista aí, fala que a gente tentou segurar você, mas que não tinha como porque a proposta foi muito boa e a gente não conseguiu te manter no clubeʹ, sendo que foi tudo mentira. Não fizeram proposta para renovação comigo, não me chamaram para falar que iriam fazer proposta para eu ficar, uma contraproposta…não fizeram nada”, acusou.

A entrevista em questão ocorreu no dia 5 de janeiro, na Toca do Leão. Após a fala do atacante, Sinval Vieira rebateu as declarações e negou que o atleta já estava de saída do Vitória. De acordo com Marinho, a entrevista não foi verdadeira. “Eu saí, cheguei lá em cima, olho na TV e tá o maluco lá embaixo falando na entrevista. Eu não acreditei, o cara falou tudo para mim, armou a entrevista e estava me desmentindo. Eu dei tapa na mesa, xinguei todo mundo. Meu empresário me levou para Porto Alegre, para ficar mais tranquilo o clima, que estava pesado para mim”, declarou. “Vi todo mundo brincando, ʹonde está Marinhoʹ? Mas agora todo mundo sabe a verdade”, finalizou.

Sinval nega acusação de armação

O ex-diretor Sinval Vieira também se manifestou e negou ter armado a entrevista para que Marinho continuasse no clube. Em vídeo exibido no Globo Esporte, o ex-dirigente rubro-negro afirmou que estava “defendendo os interesses” da instituição.

“Todo mundo lembra que o que eu fiz foi defender os interesses do Vitória, porque o empresário queria, claro, é um negócio, um pagamento inferior do que previa o contrato. Seria muita irresponsabilidade a gente fazer assim. Lamento muito as coisas que Marinho vem dizendo, acho que alguém colocou isso na cabeça dele. Jamais criei uma coletiva e isso eu lamento. É uma pena que ele venha dizendo coisa dessa natureza publicamente”, declarou Vieira.

ASSISTA AS DECLARAÇÕES POLEMICAS FEITAS POR MARINHO: 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui